Como escolher o imóvel ideal para morar – Accacio Monteiro Barrozo Advogados

A escolha da sonhada casa própria deve ser feita com muita cautela e paciência, afinal de contas, deverá será o maior investimento que você vai fazer na vida. Fatores como localidade, vizinhança e preço são primordiais para o comprador não ter surpresas desagradáveis e não precisar solicitar um futuro distrato de imóvel.

Separamos algumas dicas para você comprar a residência ideal para a sua família. Algumas são simples, mas todas devem ser levadas em consideração. Nem sempre o preço baixo ou facilidades no pagamento são garantias de fechar um bom negócio, lembrando que o novo imóvel pode ser a sua moradia por muito tempo e viver em um ambiente agradável e seguro é a certeza de obter uma excelente qualidade de vida. Confira as nossas orientações e faça uma ótima escolha:

Localidade

Às vezes, adquirir um imóvel muito bom, mas em um bairro que não lhe agrade ou que você não tenha nenhuma empatia, não vale muito à pena. Mesmo que seu perfil seja caseiro, não adianta comprar um castelo, mas ficar prisioneiro dentro dele. O local da residência é muito importante, principalmente para quem tem ou pretende ter filhos.

Se a compra é em um bairro conhecido, você não terá problemas, porém, se a ideia é mudar completamente de “ares”, o prudente é fazer uma pesquisa sobre o endereço em que você deseja fixar moradia. Faça um passeio pelo bairro, converse com porteiros e comerciantes para ver se o local transmite segurança, analise a vizinhança e identifique se o comércio local é farto e variado. Estabelecimentos como mercados, farmácias, salões de beleza e padarias sempre são muito úteis na rotina da família quando estão perto das residências.

Escolas e creches devem ser muito bem avaliadas pela qualidade e quanto à proximidade com a moradia. Além de não ser agradável para uma criança ficar muito tempo no trânsito, uma escola longe de casa pode tirar a oportunidade do pai ou da mãe buscar o seu filho depois da aula. Verificar se existe transporte escolar nas redondezas também deve ser estudado, em casos que o horário de aula da criança conflite com o do seu trabalho.

O bairro deve atender às suas necessidades e você deve pesquisar se o local tem as características que estejam de acordo com o seu perfil. Para praticantes de esporte ou que gostam de lugares mais arborizados, morar perto da praia ou de um parque é o ideal. Já quem gosta da noite, uma região com bons restaurantes e bares atende às exigências. Podemos listar a natureza de cada bairro e o que ele oferece de melhor de acordo com nossas demandas:

  • Farto comércio (mercado, farmácia, padaria, academias, etc.);
  • Escolas, creches e cursos;
  • Áreas de lazer, parques e praças;
  • Restaurantes, bares e pizzarias;
  • Shoppings, cinemas e teatros.

 

Locomoção

Algumas pessoas mudam até de cidade para ficarem mais próximas do trabalho. Com a vida agitada e a constante falta de tempo, morar perto do emprego virou sinônimo de qualidade de vida e, para muitos, até um luxo.

Como nem sempre é possível ir a pé ou de bicicleta para o trabalho, o transporte coletivo é a saída encontrada pela maioria dos brasileiros para fazer o trajeto de casa para o emprego e vice-versa. O desafio é seguir este percurso no menor tempo possível e com conforto. Neste contexto, viver perto de pontos de ônibus e estações do metrô podem fazer toda a diferença. Imagine, em um sol escaldante ou na chuva, ter que andar muito para pegar uma condução?

Para quem costuma ir para o trabalho de carro ou táxi, a fuga do engarrafamento é uma batalha diária. Esse fator pode ser determinante na escolha da sua nova moradia. Estude as rotas e veja quanto tempo, em média, você levaria do novo imóvel até o seu destino. Voltar cedo para casa tem inúmeras vantagens como:

  • Praticar uma atividade física;
  • Fazer um curso ou especialização;
  • Se divertir em casa ou sair com amigos;
  • Passar mais tempo com a família.

Condomínio

Os condomínios cresceram e alguns viraram verdadeiras cidades oferecendo uma série de conforto e benefícios para os moradores. Academias, bares e cinematecas são algumas benesses encontradas nos novos empreendimentos para garantir o bem-estar de quem pretende morar com estilo. Apesar das vantagens, o comprador deve estar atento à qualidade dos serviços oferecidos e se ele terá tempo ou vontade para usufruir das instalações feitas nos espaços em comum do condomínio.

Áreas de lazer são muito atraentes, mas não devemos nos esquecer de outras características do empreendimento, como número de vagas e acessibilidade, segurança do prédio e imediações, qualidade das instalações elétricas e hidráulicas. Analise se realmente vale a pena pagar um condomínio alto com recursos que você nunca vai usar.

Imóvel

Todo o entorno é muito importante, mas o principal é a casa ou apartamento que você e sua família irão morar. Algumas pessoas se apaixonam pelo imóvel assim que fazem a primeira visita e ficam tentadas a fechar logo o negócio. A dica é nunca se precipitar e revisitar o local em horários diferentes. Desta maneira, existe a possibilidade de perceber algumas peculiaridades do ambiente, como os hábitos dos vizinhos e a intensidade do sol nos cômodos da residência.

Alguns detalhes podem parecer bobos a princípio, porém, podem fazer toda a diferença no seu dia a dia. Morar em um apartamento com uma vista bloqueada por outro prédio ou o barulho constante de uma rua movimentada são problemas que podem desestimular os moradores com o passar do tempo. A compra de um imóvel, por muitas vezes, é um investimento a longo prazo, por isso, fazer um planejamento que atente para todos os aspectos é muito importante.

Hora da compra

Após a decisão de onde morar, é chegado o momento de outra etapa importante: a compra do imóvel. Neste ponto é essencial analisar toda proposta do corretor ou agente responsável pela negociação. Leia e releia o contrato, coloque “na ponta do lápis” todas as taxas que serão pagas ao longo da transação. Isso é importante para você não ficar preso a nenhum contrato abusivo ou pagar encargos que não estejam de acordo com a lei.

Se possível, pesquise as incorporadoras que possuem um bom atendimento ao cliente (SAC) e realizem um pós-venda com qualidade. Para imóveis usados, tenha atenção à documentação, tanto da residência quanto do proprietário. Solicite a Certidão de Ônus Reais para mostrar as atividades do imóvel como alterações na planta e se o local passa por processo de penhora.

O vendedor deve apresentar também uma série de certidões para comprovar que não existe nenhuma pendência judicial no seu nome que possa penhorar o imóvel mesmo depois da venda. O aconselhável é procurar um especialista ou uma assessoria jurídica para cuidar de todos os trâmites e reunir os documentos necessários.

Esses documentos devem ser obtidos na localidade em questão e onde o proprietário mora atualmente. São as certidões negativas de:

  • Ação Cível;
  • Ações na Justiça Federal;
  • Ações no Executivo Fiscal;
  • Protesto de Títulos.

© 2013-2018 Accacio Monteiro Barrozo Advogados | Assessoria Jurídica